Sindusfarma

2017-12-19

Diversificando

Veículo: O Estado de S.Paulo, coluna Broadcast

Colunistas: Aline Bronzati, Cynthia Decloedt e Fernanda Guimarães

A farmacêutica Cimed termina 2017 prevendo dobrar seu faturamento até 2020, depois de encerrar este ano com receita de R$ 1 bilhão, alta de 28% em relação ao ano passado. Uma das estratégias para atingir a meta é a entrada em um novo segmento, o de dermocosméticos, já a partir do próximo ano.

Para cima
 
Para sustentar o crescimento, a Cimed já tirou do papel a construção de uma nova fábrica de medicamentos sólidos em Pouso Alegre, em Minas Gerais, com investimentos da ordem de R$ 100 milhões. Outro aporte importante será na linha de produção de suplementos alimentares e polivitamínicos, principalmente no Lavitan, marca de vitaminas da companhia.