Sindusfarma

2018-01-29

Laboratórios se tornam parceiros da Embrapii em novos medicamentos

Veículo: Valor Econômico

Jornalista: Ivo Ribeiro
 
Os laboratórios farmacêuticos Aché e Eurofarma estão aderindo, como parceiros, ao consórcio formado pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e pelo CQMED/Unicamp, criado com a missão de desenvolver novos medicamentos anti-infecciosos e contra o câncer. O anúncio da ocorre hoje em Campinas (SP), na sede da Universidade de Campinas (Unicamp).

A Embrapii é vinculada, por contrato de gestão, ao Ministério de Ciência e Tecnologia e a CQMED (Centro de Química Medicinal de Inovação Aberta), especializada na área de biofármacos e fármacos, é a unidade credenciada para desenvolver a pesquisa.

O programa, segundo a Embrapii, terá investimento inicial de R$ 8,4 milhões. A Eurofarma vai focar na pesquisa de novas moléculas para desenvolver medicamentos anti-infecciosos. Já o Aché vai se concentrar em remédios voltados ao tratamento de câncer.

A Embrapii financiará cada empresa com R$ 1,8 milhão - recursos não reembolsáveis. O restante será bancado pelos próprios laboratórios. Segundo a empresa, trata-se de programa inédito de pesquisa no desenvolvimento de novos medicamentos oncológicos e anti-infecciosos.

Para o coordenador da unidade Embrapii/CQMED, Paulo Arruda, a participação dos laboratórios nesses projetos promete posicionar melhor a indústria farmacêutica nacional, tornando-a mais competitiva e criando um ambiente para o surgimento de novos parceiros e a criação de startups que atuem no setor.