Sindusfarma

2018-03-22

Remédios espanhóis

Veículo: Folha de S.Paulo, coluna Mercado Aberto

Colunista: Maria Cristina Frias

O laboratório farmacêutico Exeltis, do grupo espanhol Insud Pharma, planeja adquirir uma fábrica para iniciar a produção de seus medicamentos pediátricos e para mulheres no Brasil.

“Já temos uma área de logística em Goiás, mas buscamos comprar uma planta para viabilizar a produção no país”, afirma o presidente, Gilberto Ugalde, sem revelar com quais empresas negocia.

A empresa prevê aportar R$ 56 milhões em sua operação brasileira neste ano.

A maior parte do montante será aplicada na expansão da infraestrutura no país e na realização de cursos para profissionais da área da saúde.

A companhia, que cresceu 29% em faturamento em 2017 e prevê crescer 80% em 2018, comercializa principalmente suplementos para gestantes e crianças e contraceptivos.

No ano passado, a Exeltis adquiriu a patente da medicação Gynotran, usado no tratamento da candidíase, da Bayer. O valor da transação não foi revelado.

Insud Pharma
Raio-x

6.000
é o número de funcionários do grupo no mundo

140
são os empregados da companhia no Brasil

40
são os países em que o laboratório opera