Sindusfarma

2018-04-22

Sobe a procura por vacinas contra a gripe no mercado privado

Veículo: Folha de S.Paulo, coluna Mercado Aberto

Colunista: Maria Cristina Frias
 
A demanda por vacinas contra a gripe no mercado privado aumentou neste ano, segundo empresas do setor.

A estimativa é que sejam comercializadas ao menos 5 milhões de imunizações nesse segmento em 2018. O setor privado representa cerca de 30% do mercado de vacinas contra a doença no país.

A Sanofi Pasteur aumentou em 14% sua produção de doses para a campanha deste ano destinadas a empresas, clínicas, hospitais e farmácias.

“A demanda maior nos surpreendeu e é explicada pelos surtos do vírus em alguns estados. Readequamos nosso planejamento com as fábricas de vacinas na França e nos EUA para atender a demanda”, diz Hubert Guarino, diretor-geral do laboratório.

A empresa disponibiliza dois tipos de imunização: a trivalente, que protege contra três grupos de vírus, e a tetravalente, que age contra quatro. A última terá alta de produção superior a 30% neste ano.

“A procura nesta campanha é 10% maior que em 2017. Vendemos todo o estoque em abril”, afirma Renato Cavalcanti, diretor de vacinas da GSK, que fabrica a versão tetravalente do produto.

O nicho que mais cresce na companhia é o corporativo, em que empresas imunizam funcionários. “Estados menos afetados pelo desemprego, como São Paulo, são o motor da demanda”, diz ele.

Números do setor

Sanofi Pasteur
1 bilhão é o total de vacinas feitas no mundo por ano

GSK
20 milhões são as vacinas produzidas por dia na operação global