Sindusfarma

2019-01-04

Bristol compra Celgene por US$ 74 bilhões

Veículo: O Estado de S.Paulo
 
A farmacêutica americana BristolMyers Squibb anunciou ontem a compra da Celgene, também com sede nos EUA, por US$ 74 bilhões, criando uma gigante especializada em tratamento de câncer.

A transação, considerada uma das maiores fusões já registradas no setor, criará uma companhia com nove tratamentos para câncer e receita de mais de US$1 bilhão. As conversas entre as duas empresas começaram em setembro.

Há um ano, a Celgene comprou a Juno Therapeutics, desenvolvedora de uma droga experimental para tratamento da doença, por US$ 9 bilhões, apostando na terapia de receptor antígeno de células T, conhecido como CAR-T.

Pioneira

A Bristol foi pioneira na área de imunoterapia com o medicamento Yervoy e, depois, com o Opdivo, mas está sob pressão por conta do avanço de participação de sua rival Merck, que comercializa o medicamento Keytruda, para tratamento de câncer de pulmão.

Para o analista da BMO Capital Markets, Alex Arfaei, o acordo permitirá à Bristol diversificação de sua atuação em imunoterapia.