Sindusfarma

2019-01-14

Menos crianças, mais mamães

Veículo: Folha de S.Paulo, coluna Mercado Aberto

Colunista: Maria Cristina Frias

O laboratório farmacêutico Exeltis, da espanhola Insud Pharma, negocia a venda de seus três produtos pediátricos no país, segundo o presidente Gilberto Ugalde.

“Temos priorizado lançamentos no ramo de saúde feminina. Vamos manter a comercialização para o público infantil, mas a ideia é vender as marcas”, diz ele.

A empresa, que tem sete produtos no portfólio local, vai lançar no mercado brasileiro dois medicamentos voltados a gestantes e mães neste ano, e planeja investir R$ 20 milhões no país.

“Não temos fabricação própria no Brasil ainda e postergamos a decisão de ter uma planta local porque não encontramos uma opção com bom preço. Importamos e terceirizamos parte da produção”, diz Ugalde.

A operação cresceu 42% em 2018 devido à compra da licença do remédio ginecológico Gynotran, que trata candidíase, e a empresa estuda adquirir outras marcas ou concorrentes.