Empresas em Foco

Compartilhe:
24/06/2022
Farmacêutica Organon fecha apoio ao Fundo de População da ONU para contribuir com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Fonte: Organon

Projeto viabiliza desenvolvimento de três estudos para nortear iniciativas de saúde sexual e reprodutiva 

“Até 2030, assegurar o acesso universal aos serviços de saúde sexual e reprodutiva, incluindo o planejamento familiar, informação e educação, bem como a integração da saúde reprodutiva em estratégias e programas nacionais”. Esse é um dos itens que fazem parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Para contribuir com esse compromisso, a Organon, farmacêutica global focada em saúde feminina, vai apoiar o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA).
 
Ao longo de 18 meses, o UNFPA vai desenvolver três estudos que, além da ampliação do debate qualificado, promovem o fortalecimento de políticas e iniciativas de promoção da saúde sexual e reprodutiva. O resultado das pesquisas será publicado em uma cartilha que identificará os progressos e desafios em relação ao cumprimento dos compromissos firmados na Agenda 2030. O conteúdo, com base em informações técnicas e atualizadas, poderá ser utilizado para informar gestores e tomadores de decisão em políticas de saúde. Haverá também uma série de webinários para discutir os temas centrais, possibilitando uma compreensão aprofundada de aspectos ainda pouco abordados.
 
O projeto apoiado pela Organon é focado nos seguintes estudos: "Saúde Sexual e Reprodutiva sob a ótica dos ODS”, que se propõe a investigar as metas relacionadas à saúde sexual e reprodutiva, autonomia e dignidade corporal; "Saúde das Mulheres e direitos reprodutivos no âmbito da reprodução assistida", que vai realizar uma análise de marcos, progressos e desafios neste campo no Brasil; e "Saúde e diversidade: população LGBTQIA+ e acesso a direitos e serviços de saúde”, que pretende realizar um mapeamento de diretrizes, marcos e serviços existentes, com ênfase na população trans. 
 
Para a Organon, contribuir com a sensibilização sobre questões da saúde feminina é estratégico. “A Organon nasceu com o propósito de promover um dia melhor e mais saudável para todas as mulheres e iniciativas como essa nos permitem ampliar a nossa atuação para além da medicina, uma vez que identificamos, por meio de estudos e pesquisas, que existe uma carência de informações sobre saúde sexual reprodutiva para a maior parte da população brasileira e desde então assumimos um compromisso social de prover acesso à informação qualificada e dados sobre o tema porque acreditamos que ter conhecimento sobre o próprio corpo garante, especialmente à meninas e mulheres, autonomia sobre seus corpos”, afirma Ricardo Lourenço, CEO da Organon no Brasil.
 
De acordo com o IBGE, o Brasil tem hoje mais de 55 milhões de mulheres em idade reprodutiva, mas grande parte não tem acesso a informações de qualidade, a serviços de saúde sexual e reprodutiva e a métodos contraceptivos modernos que lhes permitam planejar a vida reprodutiva.
 
A representante do UNFPA Brasil, a Sra. Astrid Bant, destaca que "o UNFPA busca catalisar e acelerar resultados transformadores por meio de apoios estratégicos. No Brasil e no mundo, essas colaborações contribuem com o alcance de zero necessidades insatisfeitas de contracepção, zero mortes maternas evitáveis e zero situações de violência e práticas nocivas contra mulheres e meninas”. 


Sobre a Organon
 
A Organon é uma empresa global de saúde com foco no desenvolvimento de medicamentos para mulheres. Seu propósito é contribuir para que as mulheres tenham mais saúde e bem-estar em todas as fases da vida. A companhia possui um portfólio de mais de 60 medicações em diversas áreas terapêuticas, como saúde reprodutiva, contracepção, doenças cardíacas e câncer de mama. Entre esses produtos, constam também biossimilares e medicamentos estabelecidos no mercado. Oriunda da farmacêutica MSD, a Organon tem atuação autônoma e cerca de 9 mil trabalhadores espalhados pelo planeta.
 
Para obter mais informações, visite www.organon.com/brazil e conecte-se conosco no LinkedIn.

Sobre o UNFPA

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) é a agência de desenvolvimento internacional da ONU que trata de questões populacionais, sendo responsável por ampliar as possibilidades de mulheres e jovens levarem uma vida sexual e reprodutiva saudável. O UNFPA trabalha para acelerar o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva, incluindo o planejamento familiar voluntário e a maternidade segura; e busca a efetivação dos direitos e oportunidades para as pessoas jovens.
 
O UNFPA está presente em mais de 150 países, os quais abrangem mais de 80% da população mundial. A sua missão é a de contribuir para que todas as gestações sejam desejadas, todos os partos sejam seguros e cada jovem alcance seu potencial. Atuando por meio de alianças e parcerias colaborando com o governo e diversas organizações da sociedade civil, incluindo a academia e os movimentos sociais, bem como com a iniciativa privada e com outras agências do Sistema ONU, o UNFPA faz uma diferença positiva para bilhões de pessoas, especialmente as mais necessitadas. Para obter mais informações, acesse brazil.unfpa.org

Esclarecimento

A área Empresas em Foco publica notícias elaboradas e enviadas pelas empresas associadas ao Sindusfarma; seu conteúdo é de exclusiva responsabilidade das empresas e não reflete anuência nem posições ou opiniões da entidade.

Voltar
Subir ao Topo

Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos

Todos os direitos reservados - Sindusfarma 2021