Empresas em Foco

Compartilhe:
27/03/2015
Teuto: 68 anos de saúde, bem-estar e qualidade de vida
Fonte: Teuto

O Laboratório Teuto/Pfizer celebra, esta semana, 68 anos de tradição no mercado farmacêutico nacional. Fundada em 1947, em São Paulo (SP), a companhia é pioneira na produção de genéricos no Brasil e a primeira indústria do segmento a receber o certificado ISO 9000 no país, uma série de quatro normas internacionais para gestão e garantia da qualidade.

Atualmente instalado no maior complexo farmacêutico da América Latina (110 mil metros quadrados de área construída e 1 milhão de metros quadrados de área total), o Teuto ultrapassou em 2015 a marca de 3.700 colaboradores. O laboratório realizou, somente nos últimos dois anos, mais de 3 mil promoções internas.

O Teuto também é modelo para a indústria farmacêutica nacional e internacional, reconhecido pelo amplo portfólio, que reúne mais de 700 apresentações, entre genéricos e medicamentos isentos de prescrição (MIP’s). A companhia também investe no lançamento de novos produtos, com uma média de 70 novas apresentações a cada ano. Entre as mais recentes novidades, está a nova apresentação do Ibupril com cápsulas gelatinosas de 400 mg em embalagem com 10 e 36 cápsulas (12 blísteres com 3 cápsulas cada).

No âmbito socioambiental o laboratório também faz sua parte. O Teuto mantém o Centro de Educação Infantil Walterci de Melo, uma creche que atende cerca de 180 alunos, entre filhos de colaboradores e crianças da região da Vila Industrial, em Anápolis (GO). A Reserva Follium, mantida pela empresa a partir do plantio de mudas nativas, preserva a mata ciliar e os cursos d’água da região.

A água utilizada na fabricação dos medicamentos do Teuto segue rigoroso processo de purificação. Para chegar ao padrão ideal, recomendável para a fabricação de toda linha de medicamentos, a água passa pelo processo de ultrafiltração e também pela osmose reversa, onde são retirados todos os contaminantes presentes. Após a osmose reversa, a água se torna ideal para a utilização nos processos de fabricação dos medicamentos.

Após a utilização, os efluentes são submetidos a mais um rigoroso processo de tratamento na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) para serem devolvidos ao meio ambiente.

Esclarecimento

A área Empresas em Foco publica notícias elaboradas e enviadas pelas empresas associadas ao Sindusfarma; seu conteúdo é de exclusiva responsabilidade das empresas e não reflete anuência nem posições ou opiniões da entidade.

Voltar
Subir ao Topo

Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos

Todos os direitos reservados - Sindusfarma 2021