Notícias 

Compartilhe:
23/06/2022
NOTA DO SINDUSFARMA: Recolhimento de lotes do anti-hipertensivo losartana

A respeito da decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de determinar o recolhimento de lotes do anti-hipertensivo losartana, o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma) presta os seguintes esclarecimentos:

1 – “A medida é preventiva e tratamentos não devem ser interrompidos”, como destaca a própria Anvisa;

2 - Interromper o tratamento pode trazer danos para os pacientes, conforme informa a Anvisa;

3 – A losartana produzida e distribuída no Brasil é de altíssima qualidade, equiparando-se às melhores formulações no mundo;

4 – Para melhor atender a população, como de costume, a indústria farmacêutica já providenciou junto aos produtores dos insumos farmacêuticos ativos (IFAs) a alteração da rota de síntese da losartana, para evitar a referida impureza;

5 – “Não há risco imediato em relação ao uso dessa medicação”, como a própria Anvisa informa, pois não existem dados que indiquem um aumento dos eventos adversos relacionados à impureza detectada;

6 – A “losartana é considerado medicamento seguro e eficaz”, como a própria Anvisa esclarece, no controle do tratamento de hipertensão e insuficiência cardíaca, reduzindo significativamente o risco de derrame e infarto;

7 – Todas as apresentações de losartana continuam com registros válidos na Anvisa;

8 – As empresas produtoras de losartana, associadas ao Sindusfarma, estão tomando todas as providências para evitar o desabastecimento desse importante medicamento;

9 - O setor farmacêutico mantém o compromisso com os mais altos padrões de qualidade, garantindo a eficácia e segurança dos medicamentos disponibilizados para à população brasileira.

Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos

Voltar
Subir ao Topo

Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos

Todos os direitos reservados - Sindusfarma 2021