Notícias 

Compartilhe:
27/11/2022
Eurofarma recebe aval da FDA e abre porta ao mercado norte-americano

Veículo: Broadcast - O Estado de S.Paulo

Colunistas: Cynthia Decloedt, Irany Tereza, Gabriel Baldocchi e Cristiane Barbieri

A Eurofarma obteve da Food and Drug Administration (FDA), agência que regula medicamentos e alimentos nos Estados Unidos, a certificação de conformidade de sua unidade de Itapevi (SP). Com isso, poderá exportar medicamentos para os EUA, mercado no qual ainda não está presente. A Eurofarma será também a primeira farmacêutica brasileira a ingressar no mercado norte-americano. A companhia tem operações próprias em 20 países, sendo a maioria na América Latina, e o avanço na internacionalização está em seus planos estratégicos. No ano passado, as vendas líquidas da empresa somaram R$ 7,1 bilhões e a divisão internacional representou 16% do total.

IFC emprestou US$ 150 milhões

A fabricante de medicamentos brasileira levantou US$ 150 milhões junto à International Finance Corporation (IFC), o braço de investimento do Banco Mundial, para o projeto e também para financiar parte de sua nova unidade de produção em Montes Claros (MG).

Empresa fez parceria com Pfizer

A unidade de Itapevi é a maior da Eurofarma e onde a companhia investe para a fabricação de vacinas contra a covid-19 em parceria com a Pfizer/BioNTech. A estimativa é produzir mais de 100 milhões de doses para serem vendidas na América Latina.

Voltar
Subir ao Topo

Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos

Todos os direitos reservados - Sindusfarma 2021