Notícias

Compartilhe:
01/12/2023
Fundação Dom Cabral orienta Sindusfarma na adoção da agenda ESG

Com a orientação conceitual e metodológica da Fundação Dom Cabral (FDC), o Sindusfarma está elaborando um plano de trabalho para aprofundar as práticas ESG (ambientais, sociais e de governança) na entidade e definir ações e estratégias que possam ser compartilhadas com as empresas associadas e a cadeia produtiva farmacêutica em geral.

Ministrada em uma série de cinco encontros, iniciada no fim de setembro, a mentoria da FDC está a cargo do professor e especialista Pedro Lins, dono de larga experiência na orientação de grandes empresas sobre a cultura ESG e sua implementação. “O propósito da monitoria é contribuir para que o Sindusfarma inspire e seja referência em ESG na indústria farmacêutica, e para que a indústria faça ainda mais a diferença na sociedade e no planeta”, afirma Lins.

O presidente executivo, Nelson Mussolini, destaca o objetivo estratégico da iniciativa. “Promover as práticas ESG e desenvolver talentos estão no DNA do Sindusfarma, sendo importantes objetivos do planejamento estratégico traçado pela entidade até 2026. Adicionamos o fator H, que representa o capital humano, pois é necessário cuidar bem das pessoas que cuidam dos nossos negócios. Com esta monitoria às nossas lideranças, vamos disseminar as melhores práticas ao público interno e, por consequência, para a indústria farmacêutica e a sociedade em geral, a fim de sermos referência no tema.”, diz Mussolini.

Voltar
Subir ao Topo