Inovação RBIF - Notícias

Compartilhe:
09/10/2023
Líderes da Inovação em Saúde se reúnem em Brasília em 3 dias de debate

Indústrias farmacêuticas, empresas do complexo econômico da saúde, startups, autoridades, incubadoras, empreendedores, organismos de fomento e pesquisadores discutiram as tendências e os desafios da inovação em saúde no Brasil na 2ª Cúpula Brasileira de Inovação em Saúde, que se realizou no Complexo Brasil 21, em Brasília, de 4 a 6/10.

Evento reuniu indústria, startups, autoridades, incubadoras, empreendedores, organismos de fomento e pesquisadores

O encontro foi organizado por Sindusfarma, Rede Brasileira de Inovação Farmacêutica (RBIF) e Biominas Brasil. O Prêmio Inovo foi entregue no encerramento do encontro.

Ecossistema de inovação, P&D de novas terapias, política industrial, convergência regulatória, biodiversidade brasileira, propriedade intelectual, cultura inovadora, foco no paciente e cases de sucesso foram alguns dos temas debatidos, além das apresentações das startups finalistas do Prêmio Inovo.

Várias autoridades participaram da Cúpula, entre elas Chico Saboya, presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii); Daniela Marreco, secretária executiva da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED); Julio César Moreira, presidente Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI); e Rodrigo Rollemberg, secretário da Economia Verde, Descarbonização e Bioindústria do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC).

Da esq.: Eduardo Emrich (Biominas), Rosana Mastellaro (Sindusfarma), Dr. Arun Harish (CPI), Marcio de Paula (RBIF) e Nelson Mussolini (Sindusfarma)

Na abertura da Cúpula, o presidente executivo do Sindusfarma, Nelson Mussolini, destacou a importância do encontro. “Não existe outro caminho para a indústria farmacêutica se desenvolver no país que não seja por meio da inovação. É por meio da inovação, da propriedade dos dados, das patentes, que nós faremos cada vez mais inovação e, consequentemente, mais saúde, fazendo aquilo que temos que fazer por vocação, saúde, que é o nosso negócio”.

O presidente da Biominas Brasil, Eduardo Emrich, ressaltou o papel de sua empresa. “Nosso compromisso é continuar incentivando a inovação no país, e é o que a Biominas está fazendo nos últimos 33 anos”.

O estrategista britânico Arun Harish, do Centre for Process Innovation (CPI), no Reino Unido, falou sobre o “Futuro da Saúde” na palestra magna de abertura do evento.

Avançar em precificação, ambiente regulatório e análise de patentes

A necessidade de avançar nos critérios de precificação de produtos inovadores, especialmente os biotecnológicos, nos processos de análise e aprovação de patentes, por meio do fortalecimento do INPI, e no compartilhamento de informações entre empresas e Anvisa foi debatida na Cúpula de Inovação em Saúde (leia o texto).

Ecossistema de inovação: parques tecnológicos e políticas públicas

A importância de se incentivar a criação de ecossistemas que viabilizem um sistema forte e competitivo de inovação em saúde no país, com o suporte de políticas públicas adequadas, foi abordada no encontro (leia o texto).

Sucesso em vacinas e o potencial da biodiversidade brasileira

Arranjos e experiências de empresas e instituições instaladas no Brasil que já resultaram ou estão levando ao desenvolvimento de vacinas e outros medicamentos inovadores e o potencial da biodiversidade brasileira foram debatidos durante a Cúpula (leia o texto).

Foco no Paciente: projetos que melhoram o acesso e a qualidade de vida

Projetos que melhoram a qualidade de vida de pacientes e o acesso a tratamentos e ideias de como ampliar o acesso à saúde em geral foram apresentados e discutidos no encontro (leia o texto).

 

Leia também:

Voltar
Subir ao Topo

Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos

Todos os direitos reservados - Sindusfarma 2024