Empresas em Foco

Compartilhe:
24/01/2023
HUB da saúde oferece solução de looping EDI para as farmácias

Fonte: Interplayers

Os sistemas de controle de estoque das farmácias são capazes de gerar arquivos ou relatórios mostrando quais itens precisam ser repostos para que não haja ruptura nas vendas. Com a informação em mãos, basta formalizar o pedido de compra com o distribuidor de preferência. Caso esse distribuidor não tenha o produto disponível, faz-se o looping do pedido para um segundo Distribuidor e assim sucessivamente, sempre que necessário. Parece prático, mas imagine uma rede de farmácias com dezenas ou centenas de itens que necessitam de reposição diariamente? De tão trabalhosa, a atividade consome horas dos responsáveis pelas comparas que poderiam estar sendo dedicadas à elaboração de novas estratégias de vendas para os consumidores com base nas negociações realizadas, aumentando o volume de negócios e lucratividade da farmácia. 
 
Para resolver esse problema a InterPlayers, o hub de negócios da saúde e bem-estar, disponibiliza a solução Looping EDI, que realiza interage digitalmente com o Pharmalink, o MarketPlace B2B acessado pela comunidade de negócios do setor, enviando os pedidos para o primeiro distribuidor selecionado e mediante a resposta, novo pedido dos itens não atendidos pelo primeiro e assim sucessivamente.
 
“A solução vem para otimizar o processo de compras das farmácias, automatizando o processo e gerando mais dados para análise e tomada de decisão das Indústrias, junto ao PDVs ou Distribuidores.” explica Rodrigo Ferreira, Gerente das verticais Comercial e Trade, da InterPlayers. 
 
O Looping EDI é tão eficiente que se o primeiro fornecedor atende um pedido de forma parcial, o sistema aceita, faz a compra e a quantidade faltante solicita ao segundo fornecedor, mantendo o processo de looping.
Segundo o executivo da InterPlayers, é o próprio gestor da rede de drogarias quem define a sequência de busca de fornecedores, conforme sua preferência.
 
EDI é uma sigla em inglês que significa Intercâmbio Eletrônico de Dados. Trata-se de um tipo de interface de comunicação entre sistemas usados na operação logística que permite a integração e a transmissão de dados entre empresas, mesmo que cada uma possua softwares distintos. Segundo Rodrigo, existem outros sistemas de looping no mercado, mas o desenvolvido pela InterPlayers é o único no setor farmacêutico que funciona no EDI. E isso é uma vantagem porque, além de agilizar o processo de compra das farmácias, resolve uma grande dor da indústria, que é saber onde há rupturas. 
 
“Por meio de relatórios e dashboards, nossa solução permite que à indústria tenha dados e faça análise para a tomada de decisão e ação para melhorar o processo. Looping EDI possui características, que permitem a identificação do pedido original ou secundário, além do motivo de não atendimento. E esse conhecimento é importante para que a indústria possa corrigir possíveis falhas logísticas, que fazem com que o distribuidor não consiga atender o varejo”, explica. 
 
Apesar de se tratar de um sistema que beneficia toda a cadeia, o Looping EDI é uma solução focada na indústria – segmento que compra a solução e faz a implantação para se conectar à rede. “A indústria faz enormes investimentos na promoção médica dos medicamentos e divulgação dos demais produtos e não deseja ver todos estes esforços se perderem pela ruptura no PDV, e o looping EDI é a solução pela busca da ruptura zero”, afirma Rodrigo.
 
Sobre a InterPlayers 

A InterPlayers, o hub de negócios da saúde e bem-estar, promove ampla integração com todos os componentes do segmento farmacêutico e hospitalar. Com reconhecida participação no mercado, reúne farmácias, clínicas, hospitais, distribuidores e indústrias em todo o território nacional. Apresenta um portfólio de serviços de geração de demanda, comercial, trade, fidelização e acesso e serviços ao paciente, contemplando 50 milhões de pacientes e consumidores com mais de R$ 61 bilhões transacionados no último biênio. 

 

Esclarecimento

A área Empresas em Foco publica notícias elaboradas e enviadas pelas empresas associadas ao Sindusfarma; seu conteúdo é de exclusiva responsabilidade das empresas e não reflete anuência nem posições ou opiniões da entidade.

Voltar
Subir ao Topo

Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos

Todos os direitos reservados - Sindusfarma 2021