LogMed - Logística Reversa

LogMed beneficia 127 milhões de pessoas em todo o país 

Folheto reúne os grandes números do Sistema LogMed, de Logística Reversa de Medicamentos Domiciliares de Uso Humano, Vencidos ou em Desuso, e suas Embalagens. O Sistema deu destinação ambientalmente correta a 127 toneladas de medicamentos e suas embalagens, em 26 Estados e o Distrito Federal, no período de junho de 2021 a dezembro de 2022. O Sistema Logmed é gerenciado por 16 entidades do setor farmacêutico, entre elas o Sindusfarma.


Sistema Logmed, de Logística Reversa de Medicamentos Domiciliares de Uso Humano, Vencidos ou em Desuso, e suas Embalagens

O Sistema de Logística Reversa de Medicamentos Domiciliares de Uso Humano, Vencidos ou em Desuso, e suas Embalagens (Logmed), foi instituído pelo Decreto Federal nº 10.388/2020, com base na Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010).

O objetivo do Sistema Logmed é o de dar a destinação ambientalmente correta aos Medicamentos Domiciliares de Uso Humano, Vencidos ou em Desuso, e suas Embalagens, após seu descarte pelos consumidores, com a participação de varejistas, distribuidores, importadores e fabricantes.

O Sindusfarma e mais 16 entidades representativas do setor farmacêutico fazem parte do Grupo de Acompanhamento de Performance – GAP do Sistema Logmed, responsável pelas diretrizes de implementação do sistema, a cargo de um Comitê Técnico Operacional.

O site oficial do Sistema Logmed cumpre a finalidade de informar o público sobre a operação da Logística Reversa de Medicamentos Domiciliares de Uso Humano, Vencidos ou em Desuso, e suas Embalagens. 

Acesse o site Logmed para ver a lista de pontos de descarte dos medicamentos domiciliares vencidos ou em desuso, de uso humano.

Leia também:

Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos

Todos os direitos reservados - Sindusfarma 2024