Empresas em Foco

Compartilhe:
04/07/2024
Artigo: Crescimento da população idosa aumenta a demanda por medicamentos e desafia os sistemas de saúde
 
O envelhecimento da população é uma tendência demográfica global, marcada pelo aumento na proporção de idosos na sociedade. De acordo com o Censo 2022, o número de indivíduos com 65 anos ou mais no Brasil cresceu 57,4% em doze anos, alcançando 22.169.101 pessoas, o que representa 10,9% da população total. Em 2010, esse número era de apenas 14.081.477, ou 7,4% dos brasileiros.
Cassyano Correr, diretor de Marketing da Interplayers.
Esse aumento significativo evidencia o rápido envelhecimento da população brasileira e reforça a necessidade de adaptação dos sistemas de saúde para atender a essa nova realidade demográfica. Essa mudança tem implicações profundas para diversos setores, incluindo a saúde e, consequentemente, a demanda por medicamentos.
 
À medida que a população envelhece, há um aumento na prevalência de doenças crônicas e degenerativas, como diabetes, hipertensão, doenças cardíacas e osteoporose, que geralmente requerem tratamento médico contínuo e administração regular de medicamentos. Esse aumento da carga de doenças crônicas impulsiona a demanda por fármacos e terapias adequadas, influenciando não apenas o mercado farmacêutico, mas também os sistemas de saúde de forma mais ampla.
 
Além disso, o envelhecimento da população desafia os sistemas de saúde a se adaptarem para atender a um número maior de idosos, muitos dos quais requerem múltiplos tipos de medicamentos simultaneamente, aumentando a complexidade da gestão farmacêutica e da aderência ao tratamento. Isso, por sua vez, exige o desenvolvimento de novas estratégias de entrega de remédios e programas de adesão ao tratamento, bem como o aumento de serviços especializados de gerenciamento de saúde e medicação para idosos.
 
Inovação na indústria farmacêutica
 
A inovação na indústria farmacêutica, incluindo a biotecnologia e as terapias personalizadas, está avançando rapidamente em resposta às necessidades complexas dessa população que está envelhecendo. As empresas farmacêuticas, portanto, não só estão focadas no desenvolvimento de tratamentos que atendam às condições comuns entre os idosos, mas também em formas de administração que sejam mais fáceis de manejar para pessoas com habilidades físicas reduzidas.
 
Importância de sistemas de saúde integrados
 
Esse cenário também evidencia a crescente importância de sistemas de saúde integrados e colaborativos que possam efetivamente coordenar o cuidado ao paciente idoso, desde a prescrição e dispensação de medicamentos até o acompanhamento clínico e suporte. A tecnologia desempenha um papel vital nesse contexto, proporcionando soluções inovadoras que melhoram a eficiência e a eficácia do tratamento. A integração tecnológica nos sistemas de saúde é crucial para atender às demandas da população idosa de maneira eficaz e inovadora. Plataformas digitais permitem um cuidado coordenado e contínuo, garantindo que os pacientes recebam o suporte necessário em cada etapa do tratamento.
 
O envelhecimento da população brasileira traz à tona desafios significativos para o setor de saúde, particularmente no que diz respeito à demanda crescente por remédios e à necessidade de uma gestão eficaz do tratamento de doenças crônicas. A adaptação dos sistemas de saúde, juntamente com a inovação e os avanços tecnológicos, será fundamental para garantir que a população mais velha receba os cuidados necessários para uma qualidade de vida adequada.
 
(*) Autor: Cassyano Correr, é farmacêutico e Diretor de Marketing da Interplayers, o hub da saúde e bem-estar. - E-mail: [email protected] 
 
Sobre a Interplayers
 
Fundada no início dos anos 2000, a Interplayers é o hub de negócios da saúde e bem-estar, reconhecida por suas iniciativas disruptivas e tecnologia de ponta. Com o maior portfólio de soluções do mercado, a Interplayers oferece uma visão 360º da jornada do consumidor final, integrando indústrias, farmácias, distribuidores, hospitais, laboratórios, clínicas, médicos, profissionais da saúde, operadoras de saúde e pacientes. Suas unidades estratégicas de negócios – Vendas B2B e Distribuição, Varejo e Programas B2B2C, Cuidados em Saúde, Saúde Suplementar e Inteligência de Dados – garantem presença em todo o território brasileiro, alcançando mais de 70 mil farmácias, clínicas e hospitais, e impactando 50 milhões de usuários anualmente. Segue conectando saúde e transformando vidas. Para mais informações acesse https://www.interplayers.com.br/
Voltar
Subir ao Topo