Notícias 

Compartilhe:
30/08/2022
“A indústria farmacêutica faz diferença para o país; essa cadeia de valor é fator de soberania tecnológica”

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, participou da cerimônia do Prêmio Sindusfarma de Qualidade 2022, realizada no dia 30 de agosto no Teatro Santander, em São Paulo. 

Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim discursa no Prêmio Qualidade 2022

Alvim disse que um país que se quer desenvolvido precisa de uma cadeia de saúde forte. “Esse setor [indústria farmacêutica] faz diferença para esse país. Mais que isso, nos dias de hoje, para nós do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, essa cadeia de valor é fator de soberania tecnológica”, afirmou o ministro. “Esse é um momento de celebração, de reconhecimento, mas, fundamentalmente, de visibilidade de um setor que é forte, tem competência e capacidade de trazer soluções inovadoras”. 

Leia a íntegra do pronunciamento:

Aqui é o momento da gente, como Nação, agradecer o setor (e aqui eu aproveito inclusive para reverenciar também os colegas da Anvisa. Aqueles que estiveram no dia a dia durante a pandemia sabem o quão importante foram vocês. 

Além de não terem parado, vocês trouxeram soluções a todo momento. Ter essa participação de vocês, além de dar orgulho para todos nós, tem uma outra questão, que é muito importante: mostrou para a sociedade brasileira quão importante é a cadeia de valor de saúde.

E quão importante é para um país como o nosso, pela nossa população, pela nossa distribuição territorial, é relevante para a qualidade de vida a participação de uma indústria forte. 

E o Sindusfarma mostra isso. 26 anos de uma premiação da qualidade é uma história. Mas mais que isso, empresas perseguirem essa conquista é uma trajetória muito significativa. 

Sou lá da velha turma do PBQP, Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade, e vocês continuaram. Isso já um marco. Mas como já foi falado aqui, as empresas são vencedoras e as empresas brasileiras têm mostrado garra e resiliência. Esse é um momento de celebração, de reconhecimento, mas, fundamentalmente, de visibilidade de um setor que é forte, tem competência e capacidade de trazer soluções inovadoras.

Nelson, em seu nome, gostaria de agradecer o convite de estar aqui, consciente - temos conversado muito nesses últimos três anos bastante com as empresas do setor, não com a abrangência do Prêmio, [cuja] integralidade da cadeia de valor é um diferencial, mas a gente tem que reconhecer que esse setor faz diferença para esse país. 

Mais que isso, nos dias de hoje, para nós do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, essa cadeia de valor é fator de soberania tecnológica. 

Um país forte, que se quer dizer desenvolvido, um desenvolvimento inclusivo e sustentável, necessariamente, precisa de uma cadeia de saúde muito forte, com capacidade de inovar, com capacidade de responder aos desafios que a saúde traz cada vez mais.

Então, em nome do governo federal, a gente tem muito que parabenizar todos vocês.

Leia também: 

Voltar
Subir ao Topo

Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos

Todos os direitos reservados - Sindusfarma 2021